Como entrar na Aeronáutica: concursos, exames e mais!

Como entrar na Aeronáutica: concursos, exames e mais!

Você tem o sonho de ser militar da Força Aérea e defender o Brasil por meio das aeronaves militares? Então confira esse artigo que o Estratégia Militares preparou para você sobre como entrar na Aeronáutica!

A Força Aérea Brasileira (FAB) foi criada em 20 de janeiro de 1941 pelo então Presidente Getúlio Vargas. A data é referência ao primeiro voo do mais pesado que o ar, o conhecido 14 bis. A aeronave foi criada pelo pai da aviação, Alberto Santos-Dumont, que decolou pela primeira vez do campo de Bagatelle, na França, em 1906.

A Força Aérea Brasileira acumula participações em diversos momentos da história contemporânea mundial, desde a Segunda Guerra Mundial até às missões humanitárias nos dias atuais.

Inscreva-se em nossa newsletter!

Receba notícias sobre os mais importantes concursos para as Forças Armadas brasileiras e informações sobre o mundo militar!

Como entrar na Aeronáutica?

A entrada como militar de carreira na Força Aérea Brasileira se dá por meio de concurso público, que acontece todos os anos. O candidato que deseja ingressar pode escolher entre as carreiras de oficial ou sargento.

A FAB possui diversas instituições de formação que abrangem um público com idades entre 14 e 44 anos. Para a formação como oficial de carreira, a Aeronáutica conta com as seguintes instituições:

  • Academia da Força Aérea (AFA);
  • Instituto Tecnológico da Aeronáutica (ITA); e
  • Centro de Instrução e Adaptação da Aeronáutica (CIAAR).

A Escola Preparatória de Cadetes do Ar é uma das formas de ingresso na FAB, porém a EPCAR não forma oficiais de carreira para a Força Aérea Brasileira. Além disso, se o candidato optar por ingressar na carreira militar como praça, a FAB possui a Escola de Especialistas da Aeronáutica (EEAR).

Existe também a possibilidade de servir a Aeronáutica como militar temporário. Essa modalidade de serviço abrange o público que:

  • Possui ensino superior; 
  • Deseja servir como oficiais;
  • Possui ensino técnico;
  • Deseja servir como sargentos; ou 
  • Deseja servir como soldado, por meio do serviço militar obrigatório. 

Vale ressaltar que o ingresso para o oficialato e para os sargentos é por meio da análise de currículo.

Como entrar na Academia da Força Aérea (AFA)?

O ingresso na AFA ocorre por meio da prestação do exame de admissão. Atualmente a Academia oferece três opções de formação, que são:

  • Curso de Formação de Oficiais Aviadores (CFOAV);
  • Curso de Formação de Oficiais Intendentes (CFOINT); e
  • Curso de Formação de Oficiais de Infantaria (CFOINF).

As inscrições para o ingresso na AFA, geralmente, são abertas no mês de abril, e o número de vagas é variável, pois depende da quantidade de cadetes oriundos da EPCAR que optaram por prosseguir para a Academia da Força Aérea.

Os cursos de formação da AFA têm duração de quatro anos em regime de internato. Ao fim do período de formação, o Cadete é declarado Aspirante a Oficial e é encaminhado para as unidades de especialização – no caso dos aviadores – e para as outras unidades administrativas e operacionais, no caso dos intendentes e infantes.

Aeronave de caça da Força Aérea

Como entrar no Instituto Tecnológico da Aeronáutica (ITA)?

O ingresso no ITA ocorre por meio da prestação do vestibular dividido em duas fases, uma objetiva e outra dissertativa. Atualmente o Instituto oferece seis opções de graduação, que são:

  • Engenharia Aeronáutica;
  • Engenharia Eletrônica;
  • Engenharia Mecânica-Aeronáutica;
  • Engenharia Civil-Aeronáutica;
  • Engenharia de Computação; e
  • Engenharia Aeroespacial.

As inscrições para o vestibular do ITA, geralmente, são abertas no mês de setembro e os cursos de formação têm duração de cinco anos em regime de internato. 

O Instituto oferece ao aluno a possibilidade de seguir a carreira militar ou não. Os que optam por seguir a carreira militar, ao fim da graduação são declarados 1º Tenente e distribuídos para as unidades da FAB. 

Já os que optam por não prosseguir na carreira militar são declarados oficiais da reserva não-remunerada (R/2) e são livres para buscarem outras oportunidades no mercado civil, sem nenhum vínculo com a Força Aérea.

Como entrar no Centro de Instrução da Aeronáutica (CIAAR)?

O ingresso no CIAAR ocorre por meio da prestação do exame de admissão. Porém o CIAAR é destinado a candidatos que já possuem ensino superior completo. O Centro de Instrução e Adaptação forma militares por meio dos cursos:

  • de Adaptação de Médicos da Aeronáutica (CAMAR);
  • de Adaptação de Dentistas da Aeronáutica (CADAR);
  • de Adaptação de Farmacêuticos da Aeronáutica (CAFAR);
  • de Adaptação de Oficiais Engenheiros da Aeronáutica (EAOEAR);
  • de Instrução e Adaptação de Capelães (EIAC); e
  • de Adaptação de Oficiais de Apoio (EAOAP).

Você pode saber mais informações e curiosidades sobre o CIAAR aqui no blog do Estratégia Militares.

Como entrar na Escola Preparatória de Cadetes do Ar (EPCAR)?

Para ingressar na EPCAR, o candidato deve se inscrever para o Exame de Admissão do Curso Preparatório de Cadetes do Ar (EACPCAR). O período de inscrições é aberto, geralmente, no mês de abril.

A EPCAR é responsável pela formação intelectual dos futuros cadetes da AFA. É o primeiro passo para aqueles que desejam ser oficiais aviadores, intendentes e infantes da FAB. A prova da Escola de Cadetes é de nível fundamental e é destinada a candidatos que tenham entre 14 anos e 17 anos de idade. 

Você pode obter mais informações sobre a prova e a Escola aqui no blog do Estratégia Militares.

Como entrar na Escola de Especialistas da Aeronáutica (EEAR)?

O ingresso na EEAR é feito por meio do exame de admissão ao Curso de Formação de Sargentos (CFS) ou pelo exame de admissão ao Estágio de Adaptação e Graduação de Sargentos (EAGS).

A Escola realiza, atualmente, duas provas de admissão ao longo do ano. O período de inscrições é, geralmente, nos meses de abril e setembro.

A EEAR é responsável pela formação técnica dos militares da FAB. Ela oferece a formação nas seguintes especialidades:

  • Especialista em Controle de Tráfego Aéreo (BCT);
  • Especialista em Estrutura e Pintura (BEP);
  • Especialista em Equipamento de Voo (BEV);
  • Especialista em Eletricidade e Instrumentos (BEI);
  • Especialista em Comunicações (BCO);
  • Especialista em Fotointeligência (BFT);
  • Especialista em Mecânica de Aeronaves (BMA);
  • Especialista em Material Bélico (BMB);
  • Especialista em Meteorologia (BMT);
  • Especialista em Suprimento (BSP);
  • Especialista em Cartografia (SCF);
  • Especialista em Desenho (SDE);
  • Especialista em Eletromecânica (SEM);
  • Especialista em Guarda e Segurança (SGS);
  • Especialista em Informações Aeronáuticas (SAI);
  • Especialista em Metalurgia (SML);
  • Especialista em Eletrônica (BET);
  • Especialista em Administração (SAD);
  • Especialista em Eletricidade (SEL);
  • Especialista em Enfermagem (SEF);
  • Especialista em Música (SMU);
  • Especialista em Obras (SOB); e
  • Especialista em Informática (SIN).

Você pode conferir mais informações e curiosidades sobre a EEAR aqui no blog do Estratégia Militares.

ass=”textannotation”>Você curtiu esse artigo? Então confira os cursos preparatórios do Estratégia Militares para o oficialato e para os sargentos de carreira da Força Aérea Brasileira! Aproveite os descontos do Black November e vem ser coruja!

Veja também:

Você pode gostar também