Regionalização brasileira: transportes e o turismo da região Sul!

Regionalização brasileira: transportes e o turismo da região Sul!

O Sul do Brasil possui belas paisagens naturais, além de abrigar uma das maiores hidrelétricas do mundo. Confira esse artigo, que o Estratégia Militares preparou para você conhecer mais sobre essa região do país!

A região Sul é muito rica em xisto betuminoso e carvão mineral. Este é utilizado para produzir energia elétrica nas usinas termelétricas, como a Usina Termelétrica Jorge Lacerda, em Santa Catarina.

A região possui também energia hidrelétrica em abundância, graças às características de sua hidrografia – rios caudalosos e planaltos como relevo.

Hidrelétrica de Itaipu

A Hidrelétrica de Itaipu, a segunda maior do mundo, está localizada na região e foi inaugurada em 1983. A usina aproveita os recursos hídricos do Rio Paraná, mais precisamente nas imediações das cidades de Foz do Iguaçu, na margem esquerda, e Ciudad del Este, no Paraguai, na margem direita.

Além de abastecer a região Sul, a  energia da Usina Hidrelétrica de Itaipu é intensamente utilizada pela região Sudeste, que tem a maior demanda energética do país por possuir muitas indústrias de grande porte.

A distribuição de energia elétrica na região Sul é controlada pela Eletrosul, com sede em Florianópolis (SC). Sua atuação estende-se até o estado do Mato Grosso do Sul e também a outras áreas do Brasil, devido a interligação com a rede de energia da região Sudeste.

Inscreva-se em nossa newsletter!

Receba notícias sobre os mais importantes concursos para as Forças Armadas brasileiras e informações sobre o mundo militar!

Transportes no Sul do Brasil

O Sul é uma das regiões mais bem servidas no setor de transportes, dispondo de condições naturais e financeiras que facilitam a implantação de uma boa malha rodoviária e ferroviária.

Além disso, o fato de sua população ser bem distribuída, sem grandes vazios populacionais, permite que sua rede de transportes seja mais eficiente e lucrativa.

Malha ferroviária no Sul do Brasil

Embora quase todas as principais cidades da região sejam servidas por linhas da Rede Ferroviária Federal (RFFSA), o transporte rodoviário é o mais desenvolvido. Duas rodovias federais são as principais vias de transporte de cargas e passageiros:

  • Rodovia BR-101, que liga Porto Alegre a Curitiba pelo litoral, passando por Florianópolis; e
  • A rodovia BR-116, que liga Porto Alegre a Curitiba pelo interior, passando por Lages (SC);

De Curitiba a São Paulo, as rodovias se fundem na Rodovia Régis Bittencourt, conhecida como a rodovia da morte, devido ao elevado número de acidentes que nela ocorrem.

Como nas demais regiões do Brasil, o setor de transportes ferroviários e rodoviários necessita de investimentos que permitam a manutenção das vias já existentes e a abertura de outras novas.

Atrás apenas do Sudeste e de Brasília, a região Sul possui os mais movimentados e modernos aeroportos do Brasil. Possui ainda vários portos marítimos em atividade:

  • O Porto de Paranaguá, que é o principal terminal graneleiro do país e exporta, principalmente, café e soja;
  • Os portos de Imbituba e Laguna, em Santa Catarina, exportadores de carvão mineral;
  • Os portos de São Francisco do Sul, Itajaí e Itapoá – o primeiro porto privado do Brasil, também em Santa Catarina, sendo exportadores de madeira; e
  • Os portos de Rio Grande e Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, pelos quais passam mercadorias diversificadas.

Turismo no Sul do Brasil

A região Sul apresenta índices consideráveis em relação ao turismo nacional. Dados apresentados pela Embratur mostram que Florianópolis, Foz do Iguaçu, Porto Alegre e Camburiú figuram entre as cidades mais visitadas do país.

O Parque Nacional do Iguaçu, onde se localizam as Cataratas do Iguaçu, é uma unidade de conservação brasileira. Está localizado no extremo oeste do estado do Paraná e possui área total de 185.262,2 hectares.

Foi criado em 10 de janeiro de 1939, pelo Decreto-lei n.1.035, e em 1986 recebeu o título, concedido pela UNESCO, de Patrimônio Mundial.

Durante os dias quentes de verão, as praias catarinenses são procuradas e frequentadas por turistas do Brasil inteiro e de outros países. Florianópolis, atrás apenas das cidades do Rio de Janeiro (RJ) e Salvador (BA), é uma das capitais brasileiras mais visitadas.

Com o fim da crise econômica nos países do Mercosul, parte do movimento de argentinos, uruguaios e paraguaios voltou ao proveito do turismo de verão, em localidades como Balneário Camboriú e Barra Velha.

Além disso, há na região Sul, pontos turísticos considerados patrimônios da humanidade:

  • Cataratas do Iguaçu, no Parque nacional do Iguaçu, no Paraná; e
  • As Ruínas Jesuítico-Guaranis, de São Miguel das Missões, no Rio Grande do Sul.
Parque Nacional no Sul do Brasil

As serras gaúcha e catarinense atraem turistas no inverno rigoroso,que desejam aproveitar as temperaturas mais baixas e a neve, inclusive em Urubici (SC). Em Cambará do Sul (RS), localiza-se o Parque Nacional de Aparados da Serra, onde fica a cachoeira do Itaimbezinho.

O charme e o requinte da colonização europeia de Curitiba fazem com que a capital paranaense atraia um número cada vez maior de visitantes  interessados em conhecer o planejamento urbano, o Museu Oscar Niemeyer, entre outros. Curitiba concentra, também, a melhor e a maior estrutura hoteleira do Sul.


Curtiu o artigo sobre o Sul do Brasil? Continue seus estudos com o Estratégia Militares! Clique no banner abaixo e vem ser coruja!

EM BANNER PORTAL

Veja também:

Você pode gostar também