Especialidades da EEAR: sargento especialista em Informações Aeronáuticas

Especialidades da EEAR: sargento especialista em Informações Aeronáuticas

O sargento especialista em Informações Aeronáuticas é parte das funções mais importantes da Força Aérea Brasileira (FAB). Se você está na dúvida ou quer saber mais sobre a especialidade, confira esse artigo que o Estratégia Militares preparou para você, com muitas informações e curiosidades.

O que é o sargento especialista em Informações Aeronáuticas?

Este é o profissional com quem o piloto faz seu primeiro contato. O sargento especialista em Informações Aeronáuticas (SAI) é responsável pelo fornecimento de informações aeronáuticas determinantes à segurança do voo, como prevê a Organização de Aviação Civil Internacional (OACI).

Dentre as diversas funções desempenhadas por este profissional destacam-se a coleta, seleção e agrupamento dos dados necessários à veiculação da informação aeronáutica, além de preparar os boletins de informações prévias e o plano de voo.

O sargento especialista pode trabalhar em diversos setores relacionados à Informação Aeronáutica. Dentre os setores, destacam-se as Salas de Serviço de Informações Aeronáuticas. Nessa função, o militar trabalha realizando a conferência e a aprovação dos planos de voo enviados pelos pilotos.

Também pode trabalhar no fornecimento de informações urgentes aos pilotos ou nas divisões operacionais de Informações Aeronáuticas. Nesta, o especialista tem a função de estudar o impacto do tráfego aéreo na população e, se for o caso, elaborar rotas alternativas que os diminuam e não ocasionem prejuízos financeiros, relacionado aos combustíveis de aviação para as empresas aéreas.

Um dos locais de trabalho do sargento especialista em Informações Aeronáuticas é nas divisões de AIS (Aeronautical Information Service). Nas subdivisões de AIS, trabalham mais de 20 militares, durante 24 horas por dia, divididos em três turnos. Composta por duas frentes de trabalho, a seção de “normas” fornece o suporte administrativo para a seção “operacional”. 

A ICA 53-2 é um dos documentos que regulam a instalação e a prestação do Serviço de Informações Aeronáuticas. Segundo o documento, o objetivo dessas salas é oferecer dados prévios e posteriores ao voo, além de receber, analisar, processar e encaminhar as intenções de voo, bem como informes referentes ao serviço de tráfego aéreo.

O que o aluno do curso de Informações Aeronáuticas estuda na EEAR?

Na escola, os alunos estudam diversas disciplinas, como o inglês, as cartas aeronáuticas, os aeródromos, a navegação aérea e o planejamento de voo. 

No último semestre, os alunos da Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR) passam um mês em Brasília fazendo estágio na Subdivisão do Serviço de Informações Aeronáuticas, mais conhecido como AIS, localizado no 1º Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo (CINDACTA I). 

O Curso de Formação de Sargentos Especialistas em Informações Aeronáuticas da EEAR tem duração de dois anos em regime de internato. O tempo de formação é dividido em quatro períodos de seis meses, sendo chamados de séries.

Na primeira série o aluno da EEAR estudará: 

  • Língua Portuguesa I;
  • Língua Inglesa I;
  • Organização Aeronáutica;
  • Gerenciamento de Tráfego Aéreo;
  • Geografia Aplicada à Navegação Aérea; e
  • Busca e Salvamento.

Na segunda série o aluno da EEAR estudará: 

  • Aeródromos;
  • Aeronaves;
  • Meteorologia Aeronáutica;
  • Navegação e Vigilância;
  • Inglês para SAI I;
  • Informática Aplicada ao AIS; e
  • Aspectos Comportamentais.

Na terceira série o aluno da EEAR estudará: 

  • Língua Portuguesa II;
  • Comunicações;
  • Serviços de Informação Aeronáutica;
  • Publicações do AIS; e
  • Sala AIS de Aeródromo.

Na quarta série o aluno da EEAR estudará: 

  • Comunicação Oral e Escrita;
  • Prática Operacional;
  • Planejamento de Voo; e
  • Inglês Técnico para SAI.
Torre de controle

Remuneração do aluno do Curso de Informações Aeronáuticas da EEAR

O aluno do Curso de Formação de Sargento Especialista em Informações Aeronáuticas da EEAR recebe o soldo, que é regulamentado pelo Estatuto dos Militares. Atualmente, o soldo é de R$1.066,00, o qual é depositado em conta bancária no primeiro dia útil de cada mês. Você pode acessar a tabela dos soldos militares aqui. 

Quanto ganha um sargento especialista em Informações Aeronáuticas?

A remuneração referente a função de sargento especialista em Informações Aeronáuticas varia, visto que o valor depende da graduação e do posto do integrante da Força Aérea. Vale ressaltar que o soldo é apenas a base do salário do militar. 

Junto a ele são pagos diversos valores adicionais pela função desempenhada. No entanto, existem alguns descontos referentes aos serviços hospitalares, pensão militar, entre outros. Atualmente, o soldo-base varia de R$3.825,00 à R$6.169,00, para os graduados.

O que é o EAOF?

Por ser considerada uma atividade de “serviço” na FAB, o militar integrante da especialidade de Informações Aeronáuticas pode, ao final da sua carreira como primeiro sargento ou suboficial, ingressar no EAOF – Estágio de Adaptação ao Oficialato. Nele, será julgado por uma comissão que avaliará toda a carreira do militar a fim de aprová-lo para ingresso no oficialato ou não.

O EAOF é realizado no CIAAR – Centro de Instrução e Adaptação da Aeronáutica – em Lagoa Santa, Minas Gerais. No local, o militar recebe instruções durante 90 dias sobre a vida de oficial. Ele poderá chegar até a patente de Capitão Especialista.

Escola de Especialistas da Aeronáutica – EEAR

Atualmente a EEAR está localizada no interior do estado de São Paulo, na cidade de Guaratinguetá. Ocupa um espaço de aproximadamente 10 milhões de metros quadrados, com uma área construída superior a 119 mil metros quadrados, contendo 93 prédios administrativos e 416 residências.

A mudança para essa nova sede aconteceu entre os anos de 1950 e 1951. Conforme a estrutura era construída, os prédios iam sendo ocupados. Vale lembrar que a EEAR transferiu-se provisoriamente do Galeão para o estado de São Paulo, onde se juntou à Escola Técnica de Aviação (ETAv). Depois mudou-se definitivamente para sua sede em Guaratinguetá. O primeiro exame de seleção na nova sede é datado de 1951.

Você curtiu conhecer mais sobre as funções do especialista em Informações Aeronáuticas? Então se prepare para o concurso da EEAR com o Banco de Questões do Estratégia Militares! São mais de 75 mil questões para você se preparar e ser aprovado no exame intelectual! Vem ser coruja!

Você pode gostar também