ITA 2023: obras literárias que serão referência na prova de português – modernismo e mais!

ITA 2023: obras literárias que serão referência na prova de português – modernismo e mais!

O Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA) divulgou recentemente quais serão as obras literárias que serão usadas como referência para a prova de português no Concurso em 2023. Elas são de três autores brasileiros que fizeram parte do movimento batizado de Modernismo.

Inscreva-se em nossa newsletter!

Receba notícias sobre os mais importantes concursos para as Forças Armadas brasileiras e informações sobre o mundo militar!

O Estratégia Militares preparou este texto para que você conheça um pouco mais sobre o Modernismo, os autores e as obras de referência escolhidas para as provas do ITA. Confira nosso artigo!

O Modernismo

O Modernismo tomou conta da cena cultural no Brasil a partir da primeira metade do século XX. Ele foi um movimento que repercutiu bastante dentro da cena artística e da sociedade brasileira, principalmente nas áreas das artes plásticas e da literatura.

O movimento no país começou por meio da assimilação das tendências artísticas e culturais que eram lançadas na Europa no período anterior à Primeira Guerra Mundial.

Essas tendências eram conhecidas como vanguardas europeias e dentre elas estão o Surrealismo, o Cubismo, o Expressionismo, o Futurismo e o Dadaísmo.

Modernistas em 1922 (Mário de Andrade é o primeiro à esquerda, no alto da imagem)

Essas vanguardas europeias, cheias de novas linguagens modernas, foram trazidas ao Brasil e, aos poucos, assimiladas pelo cenário artístico do país. No entanto, o movimento ganhou ares nacionais, pois colocava enfoque em elementos culturais brasileiros. A ideia era a valorização de tudo aquilo que era nacional.

O ponto de partida do movimento Modernista no Brasil foi a Semana de Arte Moderna, realizada em São Paulo, entre os dias 13 e 17 de fevereiro de 1922. O movimento é dividido em três fases:

  • Heróica: Primeira fase e considerada a mais radical delas. Se opunha fortemente a tudo que vinha acontecendo anteriormente na cultura brasileira;
  • Geração de 30: A segunda fase, que tinha como destaques grandes poetas e romancistas. Tinha como enfoque o regionalismo e a preocupação social e política; e
  • Pós-modernista ou Geração de 45: Trata-se da terceira geração, mais preocupada com a estética, e que se opunha à fase Heróica do Modernismo. A poesia foi seu gênero literário mais importante.

Mário de Andrade

Mário de Andrade

Mário de Andrade na verdade se chamava Mário Raul de Morais Andrade. Nasceu em São Paulo, em 9 de outubro de 1893, e faleceu na mesma cidade, em 25 de fevereiro de 1945.

Ele teve muitas profissões: fotógrafo, poeta, crítico, romancista, historiador de arte e musicólogo. Mário foi um dos fundadores do modernismo no Brasil. É considerado por muitos o criador da poesia moderna brasileira. Isso ocorreu quando lançou Pauliceia Desvairada, em 1922. Mário de Andrade foi muito influente na literatura brasileira moderna.

Carlos Drummond de Andrade

Carlos Drummond de Andrade

Nascido em Itabira, em Minas Gerais, em 31 de outubro de 1902, Carlos Drummond de Andrade também teve várias profissões: cronista, poeta, contista e farmacêutico. Ele morreu no Rio de Janeiro, em 17 de agosto de 1987.

Carlos Drummond de Andrade é considerado o poeta brasileiro mais influente do século XX. Pertencente à segunda geração dos modernistas, ele foi um dos principais poetas dessa fase. No entanto, sua obra não se restringia a características de movimentos específicos.

Seus temas eram vastos, levando em consideração tanto as questões existenciais, como o sentido da morte e da vida, quanto às questões políticas, familiares e cotidianas. Drummond dialogava com correntes contemporâneas e tradicionais. Ele era conhecido por destacar, muitas vezes, o dialeto mineiro.

Dyonelio Machado

Dyonélio Machado

Um pouco menos conhecido do que Mário de Andrade e Carlos Drummond de Andrade, Dyonélio Tubino Machado nasceu em Quaraí, no Rio Grande do Sul, em 21 de agosto de 1895, e morreu em Porto Alegre, no dia 19 de junho de 1985.

Ele foi psiquiatra, escritor, jornalista, romancista, poeta, contista e ensaísta. Dyonelio Machado foi um dos grandes expoentes da segunda geração Modernista no Brasil.

Obras selecionadas para o Concurso ITA 2023

O Concurso ITA 2023 terá um livro de cada um dos autores citados acima como base de suas provas de português. As obras são:

  • Mário de Andrade: Contos novos. Rio de Janeiro: Editora Garnier, 2006; 
  • Carlos Drummond de Andrade: Antologia Poética. Organizada pelo autor. São Paulo: Companhia das Letras, 2012; e
  • Dyonelio Machado: Os Ratos. São Paulo: Editora Planeta, 2010.

Vamos conhecer cada uma delas!

Contos novos, de Mário de Andrade

Contos Novos – Editora Garnier

Este é um livro póstumo de Mário de Andrade. Foi publicado em 1947 e possui nove narrativas curtas, que foram escritas ao longo da vida do autor.

Entre suas narrativas mais conhecidas estão “Frederico Paciência” e “Peru de Natal”. O conto “Primeiro de Maio” é considerado antológico pelos críticos de literatura. Ele é um dos mais explicitamente políticos do autor.

Antologia Poética, de Carlos Drummond de Andrade

Antologia Poética – Companhia das Letras

Publicado originalmente em 1962, essa antologia foi organizada pelo próprio Carlos Drummond de Andrade, usando textos que saíram anteriormente em outros livros.

Antologia Poética é composta de nove partes. Elas correspondem a diversos universos temáticos do autor, mostrando uma visão geral de sua criação.

Os ratos, de Dyonelio Machado

Os ratos – Editora Planeta

Esse livro foi publicado em 1935 e é considerado o mais importante do autor. Foi criado por causa de um pedido do escritor Érico Veríssimo, para que participasse de um concurso literário.

A obra conta um dia na vida de Naziazeno Barbosa, um funcionário público e cidadão comum que acorda um dia com um grande problema: o leiteiro ameaça cortar o fornecimento do produto caso ele não seja pago. Isso precisa ser feito na manhã seguinte. A dívida, no entanto, era de 53 mil réis.

Naziazeno perambula pelo centro de Porto Alegre tentando conseguir algum dinheiro para saldar sua dívida. A história se passa em praticamente um dia e descreve em detalhes as desilusões, as perspectivas, as esperanças e as angústias do personagem.

O site do Concurso ITA 2023 ressalta que as edições escolhidas como referência não causam prejuízos à respostas da prova caso o candidato prefiram utilizar outras.

E aí, guerreiro? Agora que você aprendeu sobre o Modernismo, Mário de Andrade, Carlos Drummond de Andrade e Dyonelio Machado, está preparado para o Concurso ITA 2023? Deixe a Coruja dar mais uma forcinha! Adquira nossos cursos para ingresso na Força Aérea Brasileira e saia na frente!

Você pode gostar também
CAPA ITA
Leia mais

ITA 2023: vagas, etapas e mais!

Fala, guerreiro! Se você tem o sonho de ingressar no Instituto Tecnológico da Aeronáutica (ITA), fique atento às…