Escola Naval ou EFOMM: qual escolher?

Escola Naval ou EFOMM: qual escolher?

A Escola Naval e EFOMM representam duas das principais portas de entrada para o oficialato da Marinha do Brasil. A similaridade de cobrança dos principais conteúdos dos exames intelectuais faz com que muitos concurseiros prestem esses dois concursos. Em caso de aprovação em ambos, você sabe qual mais tem a ver com seu perfil?

Para responder essa e outras perguntas a respeito desses dois processos seletivos e das carreiras proporcionadas por eles, o Estratégia Militares preparou um artigo com todos esses aspectos a fim de lhe ajudar a responder essa questão! 

Inscreva-se em nossa newsletter!

Receba notícias sobre os mais importantes concursos para as Forças Armadas brasileiras e informações sobre o mundo militar!

Como funciona o Concurso para Escola Naval?

O Concurso para ingresso na Escola Naval ocorre todos os anos e suas vagas podem ser preenchidas por ambos os sexos. Ele é um dos concursos mais concorridos do país devido ao número de vagas bem limitado. O alto nível de dificuldade das questões também é um ponto importante do certame.

Para concorrer a uma das poucas vagas disponibilizadas, o candidato deve se atentar aos requisitos do edital. Os principais são:

  • Ser brasileiro;
  • Não ter constituído união estável ou ser casado;
  • Não possuir filhos;
  • Ter, no mínimo, 18 anos e, no máximo, 23 anos de idade, no dia 30 do mês de junho no ano de início do Curso de Formação de Oficiais; e
  • Ter concluído o ensino médio ou estar em fase de conclusão do mesmo (3° ano).

A principal etapa de todo o processo seletivo é, sem dúvidas, o exame intelectual, que possui caráter eliminatório e classificatório. Ele é aplicado em dois dias. 

No primeiro, os candidatos são avaliados por 22 questões de Matemática e 18 de Língua Inglesa. No segundo dia, são feitas 22 questões de Física e 18 de Língua Portuguesa, além de uma redação.

Os candidatos que obtiverem êxito nessa etapa avançam para as próximas, cujo caráter passa a ser apenas eliminatório. Dentre elas, destaca-se o teste de aptidão física, composto por natação e corrida.

Quem se classificar dentro do número de vagas previsto tem o direito de ingressar no Curso de Formação de Oficiais já na graduação de Aspirante a Oficial

Curso de Formação de Oficiais da Escola Naval

O CFO é ministrado pela Escola Naval e acontece integralmente na sede da escola, no Rio de Janeiro (RJ). Ele tem a duração de 4 anos, dos quais a primeira semana é destinada ao período de adaptação. 

Durante a formação, os Aspirantes têm direito à moradia, à alimentação, à assistência médica e odontológica, ao fardamento, além de um soldo no valor de R$ 1.574,00.

No terceiro ano de curso é feita a escolha pelo Corpo e pela habilitação do militar dentre as possibilidades ofertadas. As opções oferecidas são:

  • Corpo da Armada: com possibilidade de habilitação em Mecânica, Eletrônica ou Sistemas de Armas;
  • Corpo de Fuzileiros Navais: com possibilidade de habilitação em Mecânica, Eletrônica ou Sistemas de Armas; e
  • Corpo de Intendentes da Marinha: com habilitação em Administração.

Ao final do quarto ano de curso, os militares que concluírem todo o ciclo escolar com aproveitamento são promovidos a Guarda-Marinha, cujo soldo a ser recebido salta para R$ 7.315,00.

Nesse momento, eles são matriculados no ciclo pós-escolar para que todo o aprendizado adquirido na formação seja aplicado. O ciclo tem duração de 1 ano e, na última fase, os alunos realizam uma viagem de instrução a bordo do navio-escola da Marinha do Brasil.

Escola Naval ou EFOMM

Como é a carreira do Oficial da Escola Naval?

Ser um Oficial de carreira da Marinha do Brasil confere ao militar diversas vantagens. A primeira delas é o salário bem acima da média paga no mercado de trabalho nacional. Além do salário existem diversos auxílios inerentes à carreira militar, como: acompanhamento médico e odontológico, alimentação etc.

A carreira proporciona diversas formas de crescimento profissional do militar, como: missões no exterior, cursos operacionais, etc.

Por fim, vale ressaltar que o plano de carreira determina que os militares oriundos da Escola Naval podem chegar, no mínimo, ao posto de Vice-Almirante.

Processo seletivo EFOMM

A Escola de Formação de Oficiais da Marinha Mercante (EFOMM) tem reconhecimento internacional na formação de profissionais altamente qualificados para a Marinha Mercante. Para conseguir entrar na escola, é necessário participar do processo seletivo organizado pela Marinha do Brasil.

Ele tem recorrência anual e disponibiliza vagas para ambos os sexos. A primeira diferença que podemos citar na comparação com o concurso da Escola Naval é o número de vagas, que no caso do processo seletivo da EFOMM é bem superior.

No momento da inscrição é importante observar se você cumpre os requisitos impostos pelo edital. Confira abaixo quais os principais:

  • Ser brasileiro nato;
  • Possuir no mínimo 17 anos e no máximo 23 anos, no dia 30 do mês de janeiro do ano de início do curso de formação;
  • Ter altura mínima de 1,54m e máxima de 2,00m; e
  • Estar em dia com as obrigações perante o Serviço Militar e a Justiça Eleitoral.

As vagas são divididas para ingresso em duas escolas distintas. Os candidatos que realizarem as provas nos estados das regiões Sul, Sudeste ou Centro-Oeste concorrerão às vagas destinadas ao Centro de Instrução Almirante Graça Aranha (CIAGA), localizado no Rio de Janeiro (RJ).

Já os candidatos que optarem por fazer as provas nos estados das regiões Norte ou Nordeste concorrerão, exclusivamente, às vagas oferecidas pelo Centro de Instrução Almirante Braz de Aguiar (CIABA), situado em Belém (PA).

Os exames intelectuais são realizados em dois dias consecutivos. O primeiro dia é reservado a 20 questões objetivas de Inglês e 20 de Português, além de uma redação dissertativa argumentativa.

No segundo dia, os candidatos também são avaliados por 40 questões objetivas divididas igualmente entre as disciplinas de Física e Matemática.

Quem se classificar entre os melhores avança para as demais etapas do processo, das quais o que requer mais atenção é o teste de aptidão física, composto por provas de corrida e natação.

Curso de Formação de Oficiais da EFOMM e carreira

O curso de formação da EFOMM conta com duração prevista de 3 anos. Ao final do primeiro ano letivo, o aluno deve optar, obedecendo a critérios de classificação obtidos no ano corrente, entre dois cursos:

  • Oficial de Náutica: é o responsável pelo gerenciamento dos equipamentos de convés, de navegação e de comunicações, além de ser o maior responsável pela navegação dos navios mercantes;
  • Oficial de Máquinas: é o responsável pela operação, manutenção e gerenciamento das máquinas, motores e equipamentos que compõem os diversos sistemas do navio.

O aluno já é um militar da ativa e, por isso, possui diversas vantagens, como: soldo, fardamento, alimentação, alojamento, assistência médica e odontológica, etc.

Concluída a formação, quem for aprovado em todas as fases do período acadêmico inicia sua carreira em um estágio embarcado em uma das empresas conveniadas à Marinha do Brasil. 

O estágio tem duração prevista de um ano, podendo ser feito em, no máximo, dois. Com o estágio concluído, finalmente o formando é diplomado bacharel em Ciências Náuticas, além de ser declarado Segundo Oficial de Máquinas ou de Náutica da Marinha do Brasil.

Além disso, o militar é promovido a Segundo Tenente da Reserva Não Remunerada, ou seja, não trabalhará mais como militar da Marinha e não receberá mais salário da Força.

Conclusão

Apesar da similaridade de conteúdo do exame intelectual e de ambas as escolas formarem Oficiais da Marinha, as carreiras apresentam características muito distintas. Enquanto a Escola Naval forma Oficiais de carreira que podem chegar ao mais alto escalão da Força, a EFOMM forma mão de obra, principalmente para o setor privado.

Osformandos da Escola Naval conseguem toda a estabilidade proporcionada pelo serviço público e pelas Forças Armadas. Ao passo que os formandos da EFOMM, dotados do mais alto conhecimento a respeito da Marinha Mercante, disputam vagas em grandes empresas, onde podem conquistar salários astronômicos.

Esperamos que esse artigo tenha sido esclarecedor e de grande valia para quem almeja ingressar em alguma dessas instituições. Caso você esteja se preparando para esses certames, não deixe de conhecer nossos cursos. Somos líderes em número de classificações nos principais concursos militares do país. Clique no banner abaixo e confira!

CT - Escola Naval

CTA - EFOMM

Veja também

Referências:

Você pode gostar também