Rússia x Ucrânia: ameaça nuclear e convocação de reservistas

Rússia x Ucrânia: ameaça nuclear e convocação de reservistas

O conflito entre Rússia e Ucrânia se agravou nesta quarta, dia 21 de setembro, após o pronunciamento do presidente Vladimir Putin que anunciou a convocação de 300 mil cidadãos da reserva e a prorrogação do contrato dos soldados ainda em campo.

Quer entender mais sobre a escalada da Guerra na Ucrânia? A professora Priscila Lima discute o conflito – que já dura sete meses – e como ele pode ser abordado nas provas dos seletivos militares. Fique atento à live em nosso canal no YouTube, às 18h deste quarta!

Em seu discurso, Putin ainda acusou o Ocidente de utilizar ameaças nucleares contra a Rússia. “Para aqueles que se permitem tais declarações contra a Rússia, quero lembrá-los de que nosso país também tem vários meios de destruição, até mais modernos do que os dos países da OTAN“, o presidente declarou.

Ele afirmou que a Rússia usará todos os meios necessários para proteger a Rússia e seu povo e conclui com a declaração: “E aqueles que tentam nos chantagear com armas nucleares, saibam que a rosa dos ventos pode se virar em direção a eles”.

Assista na íntegra o discurso de Vladimir Putin:

Após o anúncio do presidente acerca da convocação dos reservistas, houve protestos por parte da população russa e aumento na busca de passagens para fora do país – os voos para os países próximos sem exigência de visto já estão esgotados.

É a primeira mobilização militar russa desse porte desde o fim da Segunda Guerra Mundial, embora a convocação seja só parcial – ela contempla apenas aqueles que já estão na reserva e que têm experiência em servir nas Forças Armadas.

Para entender a Guerra na Ucrânia, veja os demais textos do Portal Militares:

Você pode gostar também